Central de Atendimento
42 3220-2666
Ponta Grossa – PR
11 3606-5700
São Paulo – SP

Blog

Armazenagem: planejamento do estoque

Pra quem trabalha com logística, a palavra planejamento faz parte do dia a dia do negócio. Por isso, é essencial saber otimizar a armazenagem, com base no tipo de mercadoria, modelos de escoamento e espaço disponível. Como? É o que a gente vai explicar neste post!

Tipo de carga

O primeiro passo é conhecer o que você está armazenando – por exemplo, produtos de tamanhos diferentes demandam diferentes formas de operação. No caso do Porta Pallet da Águia Sistemas, os ajustes dos espaços na vertical podem variar de 50 mm em 50 mm, portanto com total flexibilidade.

Para aquelas que têm altura maior, deve-se observar o centro de gravidade, que se desloca pra cima e aumenta as chances de tombamento. Em soluções como o Push Back e o Dinâmico, a atenção deve ser ainda maior em função da movimentação por gravidade. Viu só?! É tudo questão de análise e adivinha: planejamento.

Só que não acaba por aí. A temperatura também influencia e muito na hora de planejar o armazém. E é aqui que entra uma palavra que quem é do ramo conhece bem: psicrometria. Esse é um campo de estudo dedicado ao envolvimento das propriedades do ar úmido, como secagem, umidificação, resfriamento e aquecimento. Na prática, quer dizer que existe uma boa chance de que produtos refrigerados acabem acumulando água em sua superfície, por causa da condensação. É o mesmo efeito da janela do quarto que amanhece “molhada” nos dias mais frios. E isso é bastante comum na indústria alimentícia, por exemplo.

O fato é que essa umidade acaba interferindo no funcionamento de sistemas como o Dinâmico, que trabalha com o deslizamento suave e uniforme dos pallets sobre os roletes pela ação da gravidade. Aí, é preciso ajustar os reguladores de velocidade, avaliar a necessidade de “recartilhar” os roletes em contato com os reguladores de velocidade e possivelmente considerar a galvanização da estrutura no acabamento, pra evitar possível oxidação

Rotatividade

Anota aí, mais uma palavrinha mágica no momento de planejar o estoque: rotatividade. Aqui, pesam a velha lei da oferta e demanda, e os prazos de validade da mercadoria. Se um produto tem muita saída ou prazo de validade curto, você vai precisar ter acesso fácil, prático e rápido a ele, certo? Por isso, neste caso, o sistema Dinâmico tem vantagens insuperáveis por posicionar os pallets na ordem de chegada (FIFO), com fluxo das empilhadeiras organizado e definido, além de parte da movimentação ficar por conta da gravidade. Operação rápida e segura.

Em situações com muita variedade de itens, temos que, necessariamente, oferecer alto poder de seletividade, como o Porta Pallet. Isso evita ter que ficar remanejando a carga de um lado pro outro sempre que se necessitar de algo específico. É aí que surge a diferença de conceito de espaço de armazenagem e endereço de armazém, que vamos abordar com mais detalhes na próxima oportunidade.

Espaço disponível

Por último, mas não menos importante, vem o espaço disponível. Como a gente sabe que, hoje em dia, o custo do metro quadrado tem crescido em praticamente todas as regiões, a dica é pensar em metro cúbico, ou seja, aproveitar o imóvel o máximo que der, do chão ao teto. Soluções como o Push Back e o Drive-In levam vantagem pelo fato de que fazem o cliente ganhar pé direito e podem ser instaladas próximas às paredes do depósito, pois a operação é feita apenas de um lado da estrutura.

Por falar em pé direito, a Águia é master dealer Dematic e, em parceria com a companhia, oferece autoportantes com transelevadores e miniloads, que garantem seletividade e densidade na armazenagem, com grau de disponibilidade acima de 90%, o que é importante quando a gente pensa no tópico anterior, a rotatividade.

Aproveitando, ainda, o gancho das máquinas, as empilhadeiras não poderiam ficar de lado, né?! Elas são essenciais em muitos armazéns e o projeto tem que levar em consideração o espaço necessário pra que tenham total liberdade na hora de manobrar. Afinal, já pensou se o operador tivesse que fazer uma “baliza” pra cada item que precisa ser retirado ou reposto?! Aí, não tem “piloto” habilidoso o bastante pra compensar a perda em eficiência!

Fora isso, um bom planejamento vai entender o alcance da empilhadeira, pra que ela tenha braço suficiente pra chegar às mercadorias guardadas nos pontos mais elevados, e projetar túneis operacionais que integrem as grandes estruturas, tomando como base a altura do veículo com a plataforma totalmente retraída. Isso otimiza a hora máquina em todo o processo de movimentação.

A Águia Sistemas tem a solução certa pro seu estoque e o melhor: nós pensamos em todo o planejamento, pra que você ganhe tempo e produtividade! Os especialistas da Águia Sistemas estão prontos pra tirar todas as suas dúvidas: (42) 3220-2666 | faleconosco@aguiasistemas.com.br