Central de Atendimento
42 3220-2666
Ponta Grossa – PR
11 3606-5700
São Paulo – SP

Blog

Troféu Thiago Pereira incentiva a inclusão

Mais de 300 inscritos – de seis a 17 anos – em uma única competição, contando nadadores já formados, amadores e paratletas. Precisa dizer mais? O sucesso do Troféu Thiago Pereira é só um sinal do enorme potencial que o esporte tem para atrair futuros atletas olímpicos e paraolímpicos, não importa a faixa etária ou de renda.

O evento que leva o nome do maior vencedor da história da natação brasileira foi apoiado pela Águia Sistemas e realizado em São Paulo (SP), no dia 14 de setembro, no Parque Aquático do Corinthians. Além de encontrar promessas entre centenas de inscritos, o objetivo da competição era incentivar um dos fundamentos em que o esporte é campeão: inclusão social.

Com a palavra, o medalhista nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e recordista de medalhas em Jogos Pan-Americanos, entre todas as modalidades e países, com 23 idas ao pódio.  “Eu acredito que o esporte tem um papel muito pouco explorado no nosso país: o de ensinar. O esporte me ensinou sobre responsabilidade, coragem, foco, determinação, respeito ao próximo, persistência, entre tantas outras coisas. E o mais legal é que são ‘lições’ que aprendemos na prática, fazendo o que mais gostamos. E claro, quando aumentamos o número e intensidade da prática de esportes, a chance de aumentarmos o número de medalhas aumenta bastante também”, comenta Thiago Pereira.

Campeão de inclusão

O hoje ex-nadador diz, ainda, que um dos focos do Troféu é ampliar o debate sobre inclusão de pessoas com deficiência, mas de um jeito diferente. “Sempre que ouvia falar de inclusão, eu me deparava com eventos para pessoas com deficiência. Acredito que sejam importantes, mas, para mim, incluir é colocar todo mundo junto, trazer eles para a nossa realidade e vivenciarmos a realidade deles. Começamos nossos projetos de inclusão com o Swim Camp, um evento que a Águia também já apoiou. Lá, descobrimos que a maioria das crianças nunca havia tido contato com crianças com deficiência”, conta Thiago Pereira.

O papel das empresas

Como a situação econômica ainda é difícil em praticamente todo o País, nem sempre escolas ou prefeituras possuem estrutura e recursos suficientes para oferecer a prática de esportes como a natação. Aí, entram a iniciativa privada e os patrocinadores. Com a verba, crianças que não teriam dinheiro o bastante para participar das competições são apadrinhadas. “Quando a Águia assumiu o compromisso com o Troféu Thiago Pereira, não tínhamos definido nem data ou local do evento. A Águia foi a primeira empresa que confirmou a participação na edição de 2019 e que nos deu gás para seguir em frente. Sabíamos que para dar continuidade ao projeto precisaríamos de parceiros que também abraçassem a ideia. Saber que o sonho já não era só nosso e daquelas crianças foi fundamental”, acrescenta o ex-atleta.

O Diretor Presidente da Águia Sistemas, Rogério Scheffer, destaca que a empresa sempre teve uma relação estreita com várias modalidades, não só a natação. Uma das equipes apoiadas foi o time de vôlei juvenil que, inclusive, representou o Brasil no Mundial da Croácia, em 2006. “Além do objetivo social natural da iniciativa privada, que é gerar oportunidades de trabalho, está também o desenvolvimento profissional. Por outro lado, a iniciativa privada está inserida no ecossistema social e se beneficia dos efeitos das instituições que formam os cidadãos, que serão a força de trabalho. Desta forma, promover a educação, formação de caráter, o espírito colaborativo e competitivo pelo esporte pode ser encarado como uma retribuição e uma atividade estratégica para a iniciativa privada”, afirma.

Para conhecer mais as ações e produtos da Águia Sistemas, fique ligado em nosso site e em nossa página no LinkedIn.