Central de Atendimento
42 3220-2666
Ponta Grossa – PR
11 3606-5700
São Paulo – SP

Blog

Desafios dos grandes CDs e algumas soluções

O último ano exigiu uma mudança extrema em como as operações de grandes empresas eram organizadas. Os centros de distribuição, essenciais na cadeia logística, foram os mais afetados e se tornaram peça-chave para o desenvolvimento de um planejamento operacional que seguisse sem erros.

Mediar a entrega aos consumidores deixou de ser a principal função desses centros, agora eles são responsáveis por otimizar processos logísticos, permitindo a minimização de erros, e viabilizar a aplicação de resultados mais satisfatórios.

Consequentemente, passaram a enfrentar problemas que se tornaram verdadeiros entraves para o desenvolvimento dinâmico da rotina. Nesse ínterim, gerentes e administradores precisam aprender a delimitar com clareza as adversidades para entender como os centros de distribuição podem contribuir para o avanço das operações.

 

Demanda

A demanda por produtos variados enfrentou uma alteração considerável nas últimas décadas. Não apenas a taxa de importação e exportação aumentou como a demanda interna também cresceu.

O número de consumidores sofreu um crescimento exponencial, e, se falarmos exclusivamente das vendas através do e-commerce, cerca de 20,2 milhões de novos consumidores foram registrados em 2020, segundo dados da NeoTrust, o que diz respeito a 36,7% do montante anterior.

Mas isso é apenas o início do impasse.

Esses consumidores também consomem de formas diferentes. As compras por varejo  superaram as de atacado, o que causou um aumento no número de compras de poucas unidades. Isso exige ainda mais dos centros de distribuição, que precisam intensificar as atividades.

Os ciclos de pedidos também mudaram. Não existem mais grandes compras sazonais, como Natal, Páscoa e épocas promocionais, agora, as compras se distribuem durante todo o ano e mostram pequenos ciclos.

Com isso, os consumidores passaram a exigir uma maior variedade de produtos. Ou seja, além de crescer, a demanda também se tornou mais específica.

Tudo isso sobrecarrega as equipes que precisam desenvolver alternativas que tornem a organização mais rica e as tarefas mais ágeis.

Muitos recorrem à automação para solucionar e viabilizar que os colaboradores não precisem se desdobrar em muitas tarefas no dia a dia. De fato, facilita a mecanização de tarefas repetitivas, entregando resultados homogêneos, sem comprometer o bem-estar da equipe.

 

Mão de Obra

A mão de obra enfrenta uma fase de escassez no mercado logístico e um período prolongado de rotatividade, com pouca atração e retenção de profissionais.

Isso acontece, pois há dois extremos acontecendo simultaneamente: Há muitos profissionais extremamente qualificados se candidatando para cargos operacionais e outros pouco preparados para as vagas que se candidatam. Isso dificulta o processo de contratação, afinal, eles ficarão pouco tempo na função por não se encaixarem ao perfil procurado.

Consequentemente, os profissionais estáveis na carreira e com mais experiência estão adentrando a fase de aposentadoria. Consequentemente, profissionais preparados estão escassos.

Aqui a automação também pode se tornar uma solução. Como os cargos operacionais de tarefas repetitivas podem ser acomodados para estes sistemas autônomos, os ofícios criativos, que exigem ação humana, são preenchidos sem atraso.

 

movimentação de cargas
Foto: Shutterstock/Volodimir Zozulinskyi

 

Organização

Com a movimentação, o setor tende a se tornar menos organizado. Há mais objetos para serem manipulados, mais pessoas para setorizar e muitas tarefas para finalizar.

Com isso, a organização é afetada e em trabalhos que exigem dinamismo e envolvem entregas, isso é determinante, pois um único erro pode desencadear a desordem generalizada.

A solução mais viável é investir em uma gestão eficiente que considere a importância da comunicação direta, da divisão de trabalhos e da implementação de um sistema padronizado que otimize a distribuição dos produtos.

Neste caso, é importante considerar a segurança como parte da organização. Afinal, ambientes bem organizados são mais seguros e garantem a proteção dos colaboradores. Gestões estratégicas também consideram manutenções preventivas do sistema, garantindo que todos os pontos sejam controlados e que tudo esteja em ordem.

 

Tecnologia

Não apenas o pensamento dos consumidores mudou rapidamente, mas a tecnologia também. Novas ferramentas surgem diariamente e aquelas já implementadas em uma empresa encontram-se desatualizadas com frequência.

É essencial avançar e implementar técnicas que modernizem o cotidiano. Afinal, com a alta demanda, os consumidores passaram a exigir resultados mais eficientes e entregas mais rápidas.

Inovar e investir em novidades pode ser uma alternativa positiva para aqueles que desejam atualizar a forma de trabalhar. Isso porque os centros de distribuição acompanham as mudanças da sociedade e precisam ser atualizados conforme novas tecnologias surgem.

 

rolos de movimentação
Foto: Águia Sistemas S/A

 

Estoque

Vale lembrar que os centros de distribuição também armazenam mercadorias e grandes cargas. Portanto, enfrentam a reposição de estoque constante.

Com toda a movimentação pode haver baixa precisão dos dados levantados. Com pouco controle não damos a devida atenção aos equívocos rotineiros e, pouco a pouco, a situação escala.

É aqui que uma tecnologia inovadora pode fazer a diferença. Softwares específicos conseguem organizar as demandas, administrar o estoque e fazer um controle minucioso do inventário.

 

Os centros de distribuição são pontos estratégicos na organização interna de uma empresa, sendo capazes de orientar e agilizar o dia a dia empresarial. No entanto, só podem fazer isso a partir de um gerenciamento idealizado e personalizado para a atividade em questão.

Então, que tal empreender com confiança e implementar tecnologias que transformem a forma com que o centro de distribuição de sua empresa está organizado?

A Águia Sistemas é especialista no desenvolvimento, integração e implementação de sistemas de armazenagem e movimentação, automação e softwares logísticos. Acesse o site e conheça: https://aguiasistemas.com/

 

(O texto acima foi escrito com informações dos sites blog.portalvmi.com.br,  desafiosdalogistica.com.br e do artigo publicado por Hélcio Fernando Lenz na Revista Tecnológica.)